Lei Geral de Proteção de Dados

Este Aviso de Privacidade – Brasil ("Aviso") se aplica às atividades de tratamento de dados pessoais sob a legislação brasileira e complementa nossa Política de Privacidade.

De acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados ("LGPD") do Brasil, você tem o direito de acessar, corrigir, portar, eliminar seus dados, além de confirmar que tratamos seus dados.

Em determinadas circunstâncias, você também tem o direito de se opor e restringir o tratamento de seus dados pessoais. Nossa Política de Privacidade fornece informações sobre como compartilhamos seus dados com terceiros. Para solicitar mais informações sobre nossas práticas de dados, fale conosco

A Seção Campinas é o controlador de dados responsável pela gestão responsável das informações que você nos fornece. Para entrar em contato com o Encarregado de Proteção de Dados clique aqui. Você também tem o direito de enviar um requerimento à Autoridade Nacional de Proteção de Dados (“ANPD”) entrando em contato diretamente com a ANPD.

Este Aviso passa a vigorar na mesma data de entrada em vigor da LGPD.

Segue matéria a respeito da LGPD feira pelo blog Vinco, onde são tratados alguns tema a respeito da LGPD, que caso seja do sei interesse é possível e indicado ler, com o objetivo de se informar melhor, a matéria está bem interessante, a seguir tem o link e a referência ao autor da mesma, a qual utilizamos alguns trechos aqui nesta página, para ler na integra segue o link: 

https://blog.vinco.com.br/venda-de-dados-conheca-suas-implicacoes-e-a-relacao-com-a-lgpd/

Fluxo de conformidade do dado eletrônico:
1o - A pessoa física, acessa o cadastro, antes ou depois da gravação, temos obrigatoriamente de listar as regras de consentimento aos seguintes itens :

I - finalidade específica do tratamento: enviar divulgações e comunicados relacionados a área técnica industrial pela isa campinas section ou pelas empresas parceiras que tem vinculo com a isa campinas section e gozam da nossa confiança e orientação, assim como divulgações institucionais de feriados, datas comemorativas e eventualmente de forma exporádica algum tema administrativo se for relevante.

II - forma e duração do tratamento, observados os segredos comercial e industrial: iremos manter contato semanalmente com as divulgações específicas da nossa área, com eventos e conteúdo relacionado enquanto durarem as atividades da seção isa campinas e enquanto as atividades forem relacionadas a área industrial para a qual você se inscreveu com interesse de se manter informado.

III - identificação do controlador: a isa seção campinas estará de posse das informações que você se sentiu confortável em nos passar e fará a gestão responsável, com acesso apenas para parceiros da isa campians section que forem falar a respeito de tecnologias, inovações e assuntos industriais e profissionais, que são o motivo da nossa atuação.

IV - informações de contato do controlador: entre em contato através da nossa página de contatos aqui mesmo neste site oficial da seção isa campinas section e fale direto com nosso staff e/ou diretores.

V - informações acerca do uso compartilhado de dados pelo controlador e a finalidade: as informações de contato serão compartilhada e dividias apenas com empresas parceiras que estarão fazendo publicações técnicas e de conteúdo relevante e referente a área industrial e tecnológica com lançamentos e novidades relevantes.

VI - responsabilidades dos agentes que realizarão o tratamento: somos responsáveis por não divulgar seus dados abertamente e não enviar informação inadequada que estejam fora de temas relevantes para o nosso objetivo como por exemplo: política, fofocas, religião, nudez ou violência , futebol e outro e qualquer conteúdo de spam ou inadequado. É possível solicitar para sair da nossa lisa de contatos a qualquer momento caso não tenha mais interesse através do chat no site, do email na opção para se desinscrever/ parar de receber ou entranto em contato com nosso staff que poderá lhe retirar manualmente. Apenas desejamos que fique e receba nossas comunicações se as mesmas forem interessantes, fizerem sentido e te trazerem algum tipo de benefício, seja oportunidades, ou network ou informação.

VII - direitos do titular, com menção explícita aos direitos contidos no art. 18 da lei 13709.

2o - Os dados acima tem de estar em um sistema de gestão de dados que permita o acesso do usuário a atualização do dado, a remoção do dado, a mudança de finalidade, de maneira individual e segura ao proprietário e controlador.

É possível atualizar seus dados nos formulários de contato presentes no chat, nas páginas e no rodapé onde você se inscreve para receber os comunicados, também é possível solicitar a troca para nosso staff que pode fazer manualmente como por exemplo: mudança de email, numero de telefone, empresa, etc. Conseguimos enviar comunicações apenas para quem está no grupo de whatsapp, de telegram, quem assinou nossa newsletter, quem participou do seminário a, b ou c, para membros ou mesmo para todos os contatos.

3o - As informações acima devem estar em um sistema em conformidade com a LGPD, ou seja, que este além de atendem os pontos acima, que registre este atendimento aos requisitos da lei de modo a ser auditável, quanto aos registros e acessos.

Toda a comunicação feita através do chat no site fica registrada com data e horário e temos todo o histórico, é o caminho adequado para as solicitações, em ultimo caso recomendamos solicitar que o staff faça manualmente. Quando você se inscreve ou envia algum dado pessoal seu temos o registro de quando foi feito, quais informações você se sentiu confortável em nos passar e para o que você se inscreveu, se foi para algum evento, algum grupo, para ter acesso a algum material exclusivo, etc. Os contatos podem pedir sua saída das nossas comunicações por e-mail, ou mesmo manualmente falando conosco, contudo deixamos esta opção possível para ter a maior facilidade para quem deseja não receber nossa comunicação e quem tem dificuldade com tecnologia, pois dessa forma damos acessória e fazemos toda a parte operacional a pedido do contato e depois informamos que ele foi removido e que qualquer problema ou necessidade que ele tenha pode falar conosco e caso deseje voltar a receber basta se inscrever novamente, é bem simples e prático, o objetivo é ser o mais confortável possível para a pessoa entrar e sair e fornecer apenas os dados que deseja.

4o - O uso do dados devem ser registradas na plataforma, cessão dos dados para ações de marketing e qualquer outro contato, devem também estar devidamente registrado e rastreado para devidos questionamentos legais.

Temos o registro das comunicações para nossos contatos de acordo, com data de entrada e/ou saída. Para os eventos técnicos que realizamos temos o registro das informações que foram fornecidas pelos contatos também com data de realização e se a pessoa participou ou não do evento (check-in), seja ele presencial ou on-line. Para plataforma homologada para os eventos utilizamos o sympla que tem um sistema de gestão de pessoas relacionados ao evento dentro dele próprio e depois estes dados são incorporados ao crm geral da isa campinas section onde nós identificamos de qual evento a pessoa participou (de onde ele veio/ se interessou/ inscreveu) 

Art. 15. O término do tratamento de dados pessoais ocorrerá nas seguintes hipóteses
I - verificação de que a finalidade foi alcançada ou de que os dados deixaram de ser necessários ou pertinentes ao alcance da finalidade específica almejada;

II - fim do período de tratamento;

III - comunicação do titular, inclusive no exercício de seu direito de revogação do consentimento conforme disposto no § 5º do art. 8º desta Lei, resguardado o interesse público; ou

IV - determinação da autoridade nacional, quando houver violação ao disposto nesta Lei.

Art. 16. Os dados pessoais serão eliminados após o término de seu tratamento, no âmbito e nos limites técnicos das atividades, autorizada a conservação para as seguintes finalidades:

I - cumprimento de obrigação legal ou regulatória pelo controlador;

II - estudo por órgão de pesquisa, garantida, sempre que possível, a anonimização dos dados pessoais;

III - transferência a terceiro, desde que respeitados os requisitos de tratamento de dados dispostos nesta Lei; ou

IV - uso exclusivo do controlador, vedado seu acesso por terceiro, e desde que anonimizados os dados.

5o - A ferramenta deve ter a automação para a revogação dos termos de consentimento, dado o prazo cedido pelo dono do dado, ou tratativa manual para tal.