Fechar

Tem alguma dúvida ou sugestão? Será um prazer atender você!
Preencha os campos abaixo e envie-nos uma mensagem.

Você também pode falar conosco por meio dos contatos abaixo:

+55 19 98917-6434 [WhatsApp] | contato@isacampinas.org.br
+55 19 98994-2674 [WhatsApp] | silvana.santos@isacampinas.org.br

Rua Barão de Paranapanema, 146, Conj. 51 C – Bosque – Campinas/SP | CEP 13026-900

Fechar
contato@isacampinas.org.br
Siga-nos Facebook Linkedin Youtube

Blog

 

Esse espaço é para você!


A estratégia do PCM e impactos na Manutenção de Ativos na Indústria 4.0

11-02-2019

A Indústria 4.0 impacta diretamente a manutenção de ativos através de soluções que facilitará o gerenciamento dos sistemas de produção, como, uma maior capacidade de operação e no planejamento da parada para manutenção.

A 4° Revolução Industrial trouxe chamada transformação digital, ou seja, introdução de tecnologias e softwares que possibilitará a conexão na produção oferecendo o gerenciamento da manutenção de ativos de forma inteligente e conectadas, resultando com isso ações para evitar ocorrências de falhas humanas e antecipação da detecção de problemas. E cada vez esses softwares integrados no processo produtivo otimizará a manutenção desses ativos e a utilização do equipamento de forma a diminuir o tempo parado e o prejuízo com quebras. Ao usuário caberá apenas o monitoramento do equipamento e o foco no que realmente importa: o desenvolvimento de soluções inovadoras para seus produtos e serviços.

Essa previsão de falhas, deve-se a combinação de tecnologias e conceitos os quais a evolução Indústria 4.0 refere-se, como:

  • IIoT – Industrial Internet Of Things: Obter dados e parâmetros para leituras:

Com base em sensores e dispositivos inteligentes, a IIoT possibilita que os objetos troquem informações momentâneas e condicionem as ações com base no comportamento diário do equipamento e na repetição de atividades, fornecendo assim dados para os Gestores de PCM possam trabalhar e garantir o ciclo de vida útil do equipamento.

  • Big Data e Data Analytics: Leitura e interpretação dos dados:
  • A tecnologia de Big Data somada às de Inteligência Artificial (AI) determinará com maior precisão a vida útil de equipamentos, seu risco de falha e os impactos sobre o sistema. Este é o primeiro avanço e traduz em desafio à indústria visando sua aplicação imediata.
  • Cloud: Garantia e melhor disposição das informações coletadas pela manutenção.

Na indústria 4.0, o PCM deverá se adequar e aprimorar os conceitos de manutenção para que possa se manter competitivo, estratégico e alinhado com os objetivos globais. Pois referimos ao processo de manutenção, com relação:

Manutenção Corretiva: É aquela realizada após a ocorrência de uma falha;

Manutenção Preventiva: Executa tarefas em intervalos regulares para evitar falhas/quebras;

Manutenção Preditiva: Usa dados que permitem entender o equipamento e prever quando itens devem ser substituídos / pré-detecção de uma falha iminente

Com isso, o modelo de indústria 4.0 facilita muito a realização de uma Manutenção Preditiva. Já que o sensoriamento dos equipamentos e softwares para Gestão dos Ativos somará com a capacidade dos operadores remotamente em identificar e/ou monitorar o desempenho do equipamento para que não venha a ocorrer a falha, quebra ou perda de produtividade.

Impactos esses, os quais resultará na redução de custos de manutenção já que reduzirá a atuação de tempos em tempos e passamos a atuar com base na condição do equipamento, fazendo apenas aquilo que é realmente necessário para manter nosso ativo.

Conclusão:

A implantação de processos oriundos da Indústria 4.0 terá uma redução nos custos da manutenção através das tecnologias avançadas para evitar e prever possíveis falhas em projetos e processos, poupando tempo e dinheiro para solução de possíveis problemas nos equipamentos.

A chamada 4º Revolução Industrial é considerada uma das aliadas da manutenção, já que também facilita a manutenção preditiva, pois cada vez mais encontramos programas capazes de detectar falhas ou irregularidades sem a necessidade de uma ação pessoal.

AUTOR: GUSTAVO DINIZ

Gestor de Projetos | Consultoria | Processos e Qualidade Industrial | Industria 4.0







Mapa do Site



Quem somos

Eventos

Cursos

Blog